O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.
Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.
Logotipo da CrazyLabs
CrazyLabs usa a Configuração remota do Firebase para maximizar a receita em escala
Captura de tela do CrazyLabs

Introdução

A CrazyLabs é uma desenvolvedora de jogos hipercasuais e casuais com mais de quatro bilhões de downloads. A empresa tem títulos famosos, como Super Stylist - Makeover & Style Fashion Guru , Tie Dye , e Phone Case. O modelo de negócios é baseado em identificar jogos com alto potencial de lucro entre vários candidatos e ajudá-los a escalonar.


Desafios

A CrazyLabs pode ter, a qualquer momento, até 15 jogos em teste para maximizar a receita sem diminuir o engajamento do usuário. Os testes envolvem a execução de 30 configurações de anúncios e compras no app para identificar os primeiros sinais de alto potencial de gerar receita. Em seguida, esses sinais são usados para maximizar o valor da vida útil para diferentes públicos-alvo. Eles também testam o design de fases para entender o que mais engaja os usuários. Com 30 configurações para testar por título e diversos grupos geográficos, acaba sendo complexo e demorado ativar tantos testes e encontrar as configurações com melhor desempenho. A CrazyLabs testou soluções internas e outras ferramentas de terceiros, mas elas eram lentas, pouco confiáveis ou incompatíveis com apps para dispositivos móveis. A CrazyLabs precisava realizar os testes automaticamente em escala e em um período muito curto.

Captura de tela do CrazyLabs

Solução

A CrazyLabs usou a Configuração remota do Firebase para automatizar os testes. Com a API Remote Config , a empresa dividiu os usuários em diferentes grupos e atribuiu permutações de configurações para fins de teste. Combinando isso à AdMob (em inglês), a CrazyLabs conseguiu avaliar e testar várias opções de monetização, como frequência, formato e posição de anúncios em diferentes grupos de públicos-alvo em até 15 apps ao mesmo tempo. Ela também realizou testes para otimizar o design de fases em jogos. Por exemplo, para definir onde adicionar elementos de IU ou qual o nível de dificuldade ideal. Com isso, a empresa conseguiu exportar dados para o BigQuery e analisar os resultados para determinar as melhores configurações. Assim, a CrazyLabs encontrou a melhor opção de otimização dentre várias outras em menos de sete dias. "Não conseguiríamos lidar com a operação que temos hoje sem o Firebase", disse Eran Heres, CTO da CrazyLabs.


Resultados

capacidade de executar até 30 testes por vez e determinar as melhores configurações em até uma semana

Logotipo da CrazyLabs

"Não conseguiríamos lidar com a operação que temos hoje sem o Firebase."

- Eran Heres, executivo-chefe de tecnologia, CrazyLabs