O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Saiba mais sobre os dados de desempenho de renderização de tela (apps iOS e Android)

O Monitoramento de desempenho usa traces para coletar dados sobre processos monitorados no seu app. Um trace é um relatório que contém dados capturados entre dois pontos no app.

Para apps iOS e Android, o Monitoramento de desempenho coleta automaticamente um trace para cada tela no app, conhecido como trace de renderização de tela. Cada trace de renderização de tela coleta as seguintes métricas:

É possível visualizar os dados desses traces na subguia Renderização de tela da tabela de traces, que está na parte inferior do painel Desempenho (saiba mais sobre como usar o console mais adiante nesta página).

Definição de um trace de renderização de tela

Cada trace de renderização de tela é identificado pelo nome da tela no app. As métricas coletadas para esse trace são frames de renderização lenta e frames congelados.

  • Inicia para cada UIViewController no keyWindow quando o app chama viewDidAppear:.

  • É interrompido quando o app chama viewDidDisappear:.

Os traces de renderização de tela não capturam controladores canônicos de exibição de contêiner.

Métricas coletadas por traces de renderização de tela

Esses traces estão prontos para uso. Portanto, não é possível adicionar métricas ou atributos personalizados a eles.

Frames de renderização lenta

Essa métrica é a porcentagem de frames lentos em uma determinada tela. Especificamente, ela indica a porcentagem de instâncias de tela em que mais de 50% dos frames apresentaram um tempo de renderização maior do que 16 ms.

Frames congelados

Essa métrica corresponde à porcentagem de frames que foram congelados em uma determinada tela. Especificamente, ela indica a porcentagem de instâncias de tela em que mais de 0,1% dos frames apresentaram um tempo de renderização maior do que 700 ms.

Acompanhar, visualizar e filtrar dados de desempenho

Para ver os dados de desempenho em tempo real, verifique se seu app usa uma versão do SDK do Monitoramento de desempenho compatível com o processamento de dados em tempo real. Saiba mais.

Acompanhar as principais métricas no painel

Para saber qual é a tendência das suas principais métricas, adicione-as ao seu quadro de métricas na parte superior do painel Desempenho. É possível identificar rapidamente as regressões vendo alterações semanais ou verificar se as mudanças recentes no código estão melhorando o desempenho.

Uma imagem do painel de métricas no painel do Monitoramento de desempenho do Firebase

Para adicionar uma métrica ao quadro, acesse o painel Desempenho no Console do Firebase e clique na guia Painel. Clique em um card de métricas vazio e selecione uma métrica atual para adicionar ao quadro. Clique em em um card de métricas preenchido para ver mais opções, como substituir ou remover uma métrica.

O quadro de métricas mostra os dados de métricas coletados ao longo do tempo, em forma de gráfico e como uma alteração percentual numérica.

Saiba mais sobre como usar o painel.

Visualizar traces e os respectivos dados

Para visualizar os traces, acesse o painel Desempenho no Console do Firebase, role para baixo até a tabela de traces e clique na subguia adequada. A tabela exibe algumas das principais métricas para cada trace e é possível até classificar a lista pela alteração percentual de uma métrica específica.

Se você clicar no nome de um trace na tabela de traces, poderá clicar em várias telas para explorar o trace e detalhar as métricas de interesse. Na maioria das páginas, é possível usar o botão Filtrar (no canto superior esquerdo da tela) para filtrar os dados por atributo, por exemplo:

Uma imagem dos dados do Monitoramento de desempenho do Firebase sendo filtrados por atributos
  • Filtre por Versão do app para visualizar dados de uma versão anterior ou da versão mais recente.
  • Filtre por Dispositivo para saber como os dispositivos mais antigos lidam com o app.
  • Filtre por País para garantir que o local do banco de dados não está afetando uma região específica.

Saiba mais sobre como visualizar dados dos traces.

Próximas etapas