Participe do Firebase Summit on-line e presencialmente em 18 de outubro de 2022. Veja como o Firebase pode ajudar. Usando essa plataforma, você pode acelerar o desenvolvimento de apps, lançar seu aplicativo com confiança e fazer o escalonamento facilmente. Inscreva-se agora

Primeiros passos com o Firebase Crashlytics

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Neste guia de início rápido, descrevemos como configurar o Firebase Crashlytics no seu app com o SDK do Firebase Crashlytics para que você receba relatórios de erros abrangentes no Console do Firebase.

A configuração do Crashlytics exige tarefas no Console do Firebase e no ambiente de desenvolvimento integrado, como adicionar um arquivo de configuração do Firebase e o SDK do Crashlytics. Para concluir a configuração, você precisará forçar uma falha de teste para enviar seu primeiro relatório de erros ao Firebase.

Antes de começar

  1. Adicione o Firebase ao seu projeto da Apple caso ainda não tenha feito isso. Se você não tiver um app da Apple, faça o download de um aplicativo de exemplo.

  2. Recomendado: para ter recursos como usuários sem falhas, registros de navegação estrutural e alertas de velocidade, ative o Google Analytics no seu projeto do Firebase.

    • Caso seu projeto atual do Firebase não tenha o Google Analytics ativado, ative na guia Integrações das suas > Configurações do projeto no Console do Firebase.

    • Se você estiver criando um novo projeto do Firebase, ative o Google Analytics durante o fluxo de trabalho de criação do projeto.

Etapa 1: adicionar o SDK do Crashlytics ao seu app

Use o Swift Package Manager para instalar e gerenciar as dependências do Firebase.

  1. No Xcode, com seu projeto do app aberto, navegue até File > Add Packages.
  2. Quando solicitado, adicione o repositório do SDK do Firebase para as plataformas Apple:
  3.   https://github.com/firebase/firebase-ios-sdk
  4. Escolha a biblioteca do Crashlytics.
  5. Para uma experiência ideal com o Crashlytics, recomendamos ativar o Google Analytics no seu projeto do Firebase e adicionar o SDK do Firebase para Google Analytics ao seu app. É possível selecionar a biblioteca com ou sem o recurso de coleta do IDFA.
  6. Quando terminar, o Xcode começará a resolver e fazer o download das dependências em segundo plano automaticamente.

Em seguida, configure o módulo do Firebase:

  1. Importe o módulo do Firebase no struct App ou UIApplicationDelegate:

    Swift

    import Firebase

    Objective-C

    @import Firebase;
  2. Configure uma instância compartilhada do FirebaseApp, normalmente no inicializador do App ou no método application(_:didFinishLaunchingWithOptions:) do delegado do app:

    Swift

    // Use the Firebase library to configure APIs.
    FirebaseApp.configure()
    

    Objective-C

    // Use the Firebase library to configure APIs.
    [FIRApp configure];
    

Etapa 3: forçar uma falha de teste para concluir a configuração

Para concluir a configuração do Crashlytics e ver os dados iniciais no painel do Console do Firebase, é necessário forçar uma falha de teste.


Pronto. O Crashlytics está monitorando seu app em busca de falhas. Acesse o painel do Crashlytics para ver e analisar todos os relatórios e estatísticas.

Próximas etapas

  • Faça a integração com o Google Play para filtrar os relatórios de erros do app Android pela faixa do Google Play diretamente no painel do Crashlytics. Isso permite que você configure o painel para verificar versões específicas.