Participe do Firebase Summit on-line e presencialmente em 18 de outubro de 2022. Veja como usar o Firebase pode ajudar você a acelerar o desenvolvimento de apps, a lançar seu aplicativo com confiança e a fazer o escalonamento com facilidade. Inscreva-se agora

Introdução à Configuração remota do Firebase

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.


Use a Configuração remota do Firebase para definir parâmetros no app e atualizar os valores dele na nuvem. Dessa forma, é possível modificar a aparência e o comportamento do seu app sem distribuir uma atualização dele. Veja neste guia as etapas para os primeiros passos e códigos de amostra, que estão disponíveis para clonagem ou download no repositório GitHub firebase/quickstart-js.

Etapa 1: adicionar e inicializar o SDK da Configuração remota

  1. Instale o SDK do Firebase para JavaScript e inicialize o Firebase, caso ainda não tenha feito isso.

  2. Adicione o SDK da Configuração remota para JavaScript e inicialize a Configuração remota:

Web version 9

import { initializeApp } from "firebase/app";
import { getRemoteConfig } from "firebase/remote-config";

// TODO: Replace the following with your app's Firebase project configuration
// See: https://firebase.google.com/docs/web/learn-more#config-object
const firebaseConfig = {
  // ...
};

// Initialize Firebase
const app = initializeApp(firebaseConfig);


// Initialize Remote Config and get a reference to the service
const remoteConfig = getRemoteConfig(app);

Web version 8

import firebase from "firebase/app";
import "firebase/remote-config";

// TODO: Replace the following with your app's Firebase project configuration
// See: https://firebase.google.com/docs/web/learn-more#config-object
const firebaseConfig = {
  // ...
};

// Initialize Firebase
firebase.initializeApp(firebaseConfig);


// Initialize Remote Config and get a reference to the service
const remoteConfig = firebase.remoteConfig();

Esse objeto é usado para armazenar valores de parâmetros padrão no app, buscar valores de parâmetros atualizados do back-end da Configuração remota e controlar quando os valores buscados são disponibilizados ao app.

Etapa 2: definir o intervalo mínimo de busca

Durante o desenvolvimento, recomendamos definir um intervalo de busca mínimo relativamente baixo. Para mais informações, consulte Limitação.

Web version 9

remoteConfig.settings.minimumFetchIntervalMillis = 3600000;

Web version 8

remoteConfig.settings.minimumFetchIntervalMillis = 3600000;

Etapa 3: definir os valores de parâmetro padrão no app

É possível definir os valores de parâmetros padrão no app por meio do objeto do Configuração remota. Assim, o app se comporta de maneira previsível antes de se conectar ao back-end do Configuração remota e os valores padrão estarão disponíveis, caso nenhum tenha sido definido no back-end.

Web version 9

remoteConfig.defaultConfig = {
  "welcome_message": "Welcome"
};

Web version 8

remoteConfig.defaultConfig = {
  "welcome_message": "Welcome"
};

Depois de configurar os valores de parâmetros do back-end da Configuração remota, é possível fazer o download de um arquivo JSON gerado com todos os valores padrão e salvá-lo no pacote de app:

REST

curl --compressed -D headers -H "Authorization: Bearer token" -X GET https://firebaseremoteconfig.googleapis.com/v1/projects/my-project-id/remoteConfig:downloadDefaults?format=JSON -o remote_config_defaults.json

Console do Firebase

  1. Na guia Parâmetros, abra o Menu e selecione Fazer o download dos valores padrão.
  2. Quando for solicitado, ative a opção .json para a Web e clique em Fazer o download do arquivo.

Os exemplos a seguir mostram duas maneiras de importar e definir valores padrão no app. O primeiro exemplo usa fetch, que faz uma solicitação HTTP para o arquivo padrão incluído no pacote de app:


  const rcDefaultsFile = await fetch('remote_config_defaults.json');
  const rcDefaultsJson = await rcDefaultsFile.json();
  remoteConfig.defaultConfig = rcDefaultsJson;
  

O outro exemplo usa require, que compila os valores no seu app no tempo de compilação:

  let rcDefaults = require('./remote_config_defaults.json');
  remoteConfig.defaultConfig = rcDefaults;

Etapa 4: receber valores de parâmetro para uso no app

É possível receber valores de parâmetro do objeto do recurso Configuração remota. Se posteriormente você definir valores no back-end da Configuração remota, buscá-los e ativá-los, eles estarão disponíveis para seu app. Para acessar esses valores, chame o método getValue(), fornecendo a chave de parâmetro como um argumento.

Web version 9

import { getValue } from "firebase/remote-config";

const val = getValue(remoteConfig, "welcome_messsage");

Web version 8

const val = remoteConfig.getValue("welcome_messsage");

Etapa 5: definir os valores de parâmetro

Usando o Console do Firebase ou as APIs de back-end do recurso Configuração remota, é possível criar novos valores padrão do lado do servidor que substituem os valores no app de acordo com a lógica condicional ou a segmentação por usuário desejadas. Veja nesta seção as etapas do Console do Firebase para criar esses valores.

  1. Abra seu projeto no Console do Firebase.
  2. Selecione Configuração remota no menu para ver o painel do recurso.
  3. Defina os parâmetros com os mesmos nomes dos definidos no seu app. Para cada um, é possível determinar um valor padrão (que possivelmente substituirá o valor padrão no app), além de valores condicionais. Para saber mais, consulte Parâmetros e condições do recurso Configuração remota.

Etapa 6: buscar e ativar os valores

  1. Para recuperar os valores de parâmetros usando o back-end do Configuração remota, chame o método fetchConfig(). Todos os valores definidos no back-end são obtidos e armazenados em cache no objeto Configuração remota.
  2. Para disponibilizar esse valores de parâmetro recuperados ao aplicativo, chame o método activate().

Para casos em que você quer buscar e ativar valores em uma chamada, use fetchAndActivate() conforme mostrado neste exemplo:

Web version 9

import { fetchAndActivate } from "firebase/remote-config";

fetchAndActivate(remoteConfig)
  .then(() => {
    // ...
  })
  .catch((err) => {
    // ...
  });

Web version 8

remoteConfig.fetchAndActivate()
  .then(() => {
    // ...
  })
  .catch((err) => {
    // ...
  });

Como esses valores de parâmetro atualizados afetam o comportamento e a aparência do app, ative-os quando isso não prejudicar a experiência do usuário. Por exemplo, na próxima vez em que ele abrir o app. Consulte Estratégias de carregamento da Configuração remota para mais informações e exemplos.

Limitação

Se um aplicativo fizer buscas muitas vezes em um período curto, essas chamadas de busca podem ser limitadas. Nesses casos, o SDK lança um erro FETCH_THROTTLE. Recomendamos que você veja esse erro e tente novamente no modo de espera exponencial, aguardando intervalos mais longos entre as solicitações de busca subsequentes.

Durante o desenvolvimento de apps, convém atualizar o cache com muita frequência (muitas vezes por hora) para permitir a iteração rápida à medida que você desenvolve e testa seu app. Para possibilitar a iteração rápida em um projeto com vários desenvolvedores, você pode adicionar temporariamente uma propriedade com um intervalo mínimo de busca baixo (Settings.minimumFetchIntervalMillis) no seu aplicativo.

O intervalo de busca de produção padrão do recurso Configuração remota é de 12 horas, o que significa que a busca pelas configurações no back-end não vai acontecer mais de uma vez em um período de 12 horas, independentemente de quantas chamadas de busca forem realmente realizadas. O intervalo mínimo de busca é determinado especificamente na seguinte ordem:

  1. O parâmetro em Settings.minimumFetchIntervalMillis.
  2. O valor padrão de 12 horas.

Próximas etapas

Se ainda não tiver feito isso, veja os casos de uso do Configuração remota e analise alguns dos principais conceitos e documentação de estratégias avançadas, incluindo os seguintes: