Ir para o console

Primeiros passos com o Firebase Crashlytics

Neste guia de início rápido, mostramos como configurar o Firebase Crashlytics para que você possa ver relatórios de falhas abrangentes no Console do Firebase.

Antes de começar

Antes de configurar o Crashlytics, você precisa registrar seu aplicativo para iOS e configurá-lo para usar o Firebase.

  • Se o aplicativo para iOS já usa o Firebase, então ele já está registrado e configurado para o Firebase.

  • Se você não tiver um aplicativo para iOS, faça o download de um aplicativo de amostra.

Lembre-se de que adicionar o Firebase ao seu aplicativo para iOS envolve tarefas no Console do Firebase e no seu projeto do Xcode aberto (por exemplo, você faz o download dos arquivos de configuração do Firebase do console e os move para o projeto do Xcode).

Etapa 1: configurar o Crashlytics no Console do Firebase

  1. No Console do Firebase, clique em Crashlytics no painel de navegação à esquerda do Console do Firebase

  2. Se o projeto do Firebase tiver vários aplicativos registrados nele, selecione o aplicativo que você acabou de adicionar no menu suspenso ao lado da opção Crashlytics na barra superior do Console.

  3. Clique em Configurar o Crashlytics.

  4. Selecione Este app é novo no Crashlytics. Não há nenhuma versão do SDK.

Etapa 2: adicionar o SDK do Crashlytics

Primeiro, adicione os arquivos de framework do SDK do Crashlytics ao espaço de trabalho do Xcode do projeto. Para a maioria dos projetos, a maneira mais fácil de fazer isso é adicionar o CocoaPods do Crashlytics. No entanto, se o projeto não for compatível com o CocoaPods, você também poderá adicionar os arquivos manualmente.

Etapa 3: inicializar o Crashlytics

As bibliotecas que você adicionou incluem um script de execução que inicializa o Crashlytics. Adicione-o às fases de compilação do seu projeto:

  1. Abra seu projeto no Xcode e selecione o arquivo apropriado no Navegador.

  2. Selecione seu destino de criação principal no menu suspenso Selecionar um projeto ou destino.

  3. Abra a guia Fases de compilação do destino.

  4. Clique em + Adicionar uma nova fase de criação e selecione Nova fase de script de execução.

  5. Adicione a seguinte linha à caixa de texto Digite um script:

    Instalação do CocoaPods
    "${PODS_ROOT}/Fabric/run"
    Instalação manual
    "${PROJECT_DIR}/Fabric.framework/run"

  6. Apenas para o Xcode 10: adicione a localização do Info.plist integrado do app no campo Arquivos de entrada da fase de criação:

    $(BUILT_PRODUCTS_DIR)/$(INFOPLIST_PATH)

Depois de adicionar o SDK ao aplicativo, o Crashlytics automaticamente passa a detectar e coletar relatórios de erros.

Etapa 4: criar ou executar seu projeto

Execute seu app para enviar a confirmação ao Firebase de que você integrou o Firebase com sucesso.

Os registros do dispositivo exibirão a verificação do Firebase de que a inicialização foi concluída.

Assistir a um tutorial em vídeo

Para orientações detalhadas sobre como começar a usar o Crashlytics, assista ao seguinte tutorial em vídeo:

Encontre mais vídeos no canal no YouTube do Firebase.

Próximas etapas

  • Testar sua implementação: teste sua configuração do Crashlytics forçando uma falha para gerar um relatório de erros no Console do Firebase.

  • Personalizar relatórios de erros: o Crashlytics começa a coletar relatórios de erros automaticamente assim que você adiciona o SDK. No entanto, é possível personalizar a configuração ao incluir relatórios, registros, chaves e rastreamento de erros não fatais.