Primeiros passos com o Firebase Crashlytics

Neste guia de início rápido, descrevemos como configurar o Firebase Crashlytics no seu app com o SDK do Firebase Crashlytics para que você possa receber relatórios de erros abrangentes no Console do Firebase.

Antes de começar

Adicione o Firebase ao projeto para Android, caso ainda não tenha feito isso. Se você não tiver um app para Android, faça o download de um app de amostra.

Etapa 1: configurar o Crashlytics no Console do Firebase

  1. Clique em Crashlytics no painel de navegação à esquerda do Console do Firebase.

  2. Se o projeto do Firebase tiver vários apps registrados nele, selecione aquele que você acabou de adicionar no menu suspenso ao lado da opção Crashlytics na barra superior do Console.

  3. Clique em Ativar Crashlytics.

Etapa 2: adicionar o Firebase Crashlytics ao seu app

  1. No arquivo build.gradle no nível do projeto, adicione o plug-in do Gradle para Crashlytics como uma dependência do buildscript:
    buildscript {
        repositories {
            // Check that you have Google's Maven repository (if not, add it).
            google()
        }
    
        dependencies {
            // ...
    
            // Check that you have the Google Services Gradle plugin v4.3.2 or later
            // (if not, add it).
            classpath 'com.google.gms:google-services:4.3.3'
    
            // Add the Crashlytics Gradle plugin.
            classpath 'com.google.firebase:firebase-crashlytics-gradle:2.2.1'
        }
    }
    
    allprojects {
        repositories {
            // Check that you have Google's Maven repository (if not, add it).
            google()
        }
    }
       
  2. No arquivo build.gradle no nível do app, aplique o plug-in do Gradle para Crashlytics:
    apply plugin: 'com.android.application'
    
    apply plugin: 'com.google.gms.google-services' // Google Services Gradle plugin
    
    // Apply the Crashlytics Gradle plugin
    apply plugin: 'com.google.firebase.crashlytics'
        

Etapa 3: inicializar o Crashlytics

Para uma experiência ideal com o Firebase Crashlytics, recomendamos adicionar o SDK do Firebase para o Google Analytics ao seu app, além do SDK do Firebase Crashlytics. Certifique-se de adicionar o Google Analytics versão 17.2.3 ou posterior para conseguir usuários e navegação estrutural em tempo real e sem falhas.

  1. No nível do app build.gradle, adicione dependências para o Google Analytics e o Crashlytics.

    Java

    dependencies {
        // Recommended: Add the Firebase SDK for Google Analytics.
        implementation 'com.google.firebase:firebase-analytics:17.5.0'
    
        // Add the Firebase Crashlytics SDK.
        implementation 'com.google.firebase:firebase-crashlytics:17.2.1'
    }
    

    Kotlin+KTX

    dependencies {
        // Recommended: Add the Firebase SDK for Google Analytics.
        implementation 'com.google.firebase:firebase-analytics-ktx:17.5.0'
    
        // Add the Firebase Crashlytics SDK.
        implementation 'com.google.firebase:firebase-crashlytics-ktx:17.2.1'
    }
    
  2. Opcional: o Firebase Crashlytics oferece relatórios de erros para apps criados com o Kit de desenvolvimento nativo (NDK, na sigla em inglês) do Android. Se o app usa o NDK, é possível configurar o Crashlytics para reportar falhas que ocorrem nas bibliotecas NDK subjacentes do app. Acesse a documentação de relatórios de erros do NDK para saber como.

Etapa 4: executar seu projeto

Por fim, execute o app. Os registros do dispositivo mostram a verificação do Firebase confirmando que a inicialização foi concluída.

A seguir